Cerveja Seasons Legado Café Lata 473ml - Somente Porto Alegre

R$26,00
Compartilhar

Cerveja é agricultura. A Seasons Legado Stout com café honra as boas parcerias, trazendo até você uma cerveja feita com o primeiro café agroflorestal produzido de forma sustentável na Amazônia. Uma expressão do terroir amazônico que faz a sua parte para recuperar áreas desmatadas e ajudar dezenas de famílias produtoras.
Legado: faça a diferença.

PROJETO APOIADO:
Por meio da iniciativa de resgate e valorização das tradições da agricultura familiar, aplicando técnicas de Sistemas Agroflorestais (SAFs), desde 2012 o Idesam e agricultores locais trabalham juntos na iniciativa Café Apuí Agroflorestal. Sendo o primeiro Café Agroflorestal da Amazônia, que trabalha com o uso de tecnologias adequadas e acessíveis aos produtores, além de regenerar áreas degradadas, o fomento à atividade trouxe benefícios sociais e econômicos para as famílias envolvidas no projeto ao longo de toda a cadeia produtiva. O projeto oferece todo um suporte aos produtores, desde a coleta das sementes para produzir as mudas até a comercialização do café.

SOBRE A IDESAM
Com mais de 15 anos de trabalho na Amazônia, o Idesam (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que atua junto de produtores rurais, comunidade tradicionais, ribeirinhas e indígenas, com a intenção de desenvolver a economia local, valorizando as técnicas de cultivo agroecológicas e mitigando os impactos ambientais. Foi considerada no ano de 2020 a melhor organização sem fins lucrativos do país.

SOBRE O IMAFLORA
O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) é uma associação civil sem fins lucrativos e certificadora socioambiental, criada em 1995 sob a premissa de que a melhor forma de conservar as florestas tropicais é dar a elas uma destinação econômica, associada a boas práticas de manejo e à gestão responsável dos recursos naturais. O Imaflora busca influenciar as cadeias produtivas dos produtos de origem florestal e agrícola, colaborar para a elaboração e implementação de políticas de interesse público e, finalmente, fazer a diferença nas regiões em que atua, criando modelos de uso da terra e de desenvolvimento sustentável que possam ser reproduzidos em diferentes municípios, regiões e biomas do país.