Cachaça Espirito De Minas 750ml

R$99,00
Compartilhar
Espírito de Minas é produzida em São Tiago , uma pequena cidade no interior de Minas Gerais. Tão pequena que é preciso mencionar a vizinha São João del Rei para que se tenha ideia de sua localização. Pois é ali, no Campo das Vertentes, que fica a fazenda Santa Luzia.

Construída em 1910, a casa-sede da fazenda passou por uma restauração em 1988, reavivando as características coloniais que marcavam sua arquitetura original.

Toda a estrutura necessária para a produção da Aguardente Espírito de Minas encontra-se na própria fazenda: os canaviais, o moedor, os alambiques, os tonéis de carvalho e a engarrafa.

A Cachaça Espírito de Minas nasceu na fazenda Santa Luzia, localizada na pequena São Tiago, no interior de Minas Gerais, próximas às cidades históricas de São João Del Rei e Tiradentes. Os canaviais, assim como o moedor, os alambiques, os tonéis de carvalho e a engarrafadora se encontram nessa fazenda, cuja sede foi construída em 1910 e passou por uma restauração em 1988, preservando as características coloniais da arquitetura original. O nome dessa tradicional cachaça, criada pelo vanguardista Gilberto Mansur, foi inspirado na frase "Espírito de Minas, me visita", que abre o poema "Prece de Mineiro no Rio", de Carlos Drummond de Andrade, em que o poeta evoca as lembranças e o estilo de vida de sua terra. Além de ter sido um dos pioneiros a desenvolver a categoria de cachaça premium no Brasil, desbravando e trazendo novidades para esse mercado, Mansur sempre valorizou bastante o jeito mineiro de ser e as coisas boas de lá. Assim, a Cachaça Espírito de Minas reúne a poesia, o "espírito" de Minas e o gostinho do Brasil.

O processo de produção da Cachaça Espírito de Minas, é artesanal e ecológico, seguindo um rigoroso controle de qualidade. A colheita da cana-de-açúcar é manual, sem queimadas. Após a moagem, a garapa é armazenada em dornas de madeira para a fermentação. O bagaço da cana resultante da moagem é reaproveitado como combustível para os alambiques ou usado para alimentar o gado da fazenda, enquanto o vinhoto, misturado ao esterco, se transforma em adubo para as novas plantações. Nenhum elemento químico é utilizado para acelerar o processo de fermentação, apenas o mais puro fubá de milho produzido na própria fazenda. A destilação é feita em alambiques de cobre e o envelhecimento em tonéis de carvalho, onde a bebida permanece durante um período mínimo de um ano.

Saborosa e aromática, a Cachaça Espírito de Minas pode ser degustada pura em temperatura ambiente ou gelada, e entrar na composição de vário drinques. Vários barmen já desenvolveram coquetéis com essa cachaça, que traz no nome a tradição de Minas Gerais na produção de cachaça de qualidade. Tradição essa que é reavivada cada vez que a bebida é servida, seja em taças de vidro ou em copos mais rústicos, mas sempre na companhia de bons amigos.

Premiações:  2016 - 34ª colocada no II Ranking da Cúpula da Cachaça;
                      2014 - 45ª colocada no I Ranking Cúpula da Cachaça;

Envelhecimento: 18 meses em carvalho

Graduação Alcoólica: 43%