Azeite de Oliva Extra Virgem La Favola Blend Fioravante 500ml

R$148,00
Compartilhar

O Blend Fioravante é composto por azeitonas Arbequinas e Koroneiki, o que lhe dá um sabor e aroma incomparáveis.

A suavidade das Arbequinas matiza a picância das Koroneiki, resultando numa mistura com grande personalidade. 

Produzido à noite a partir da pressão a frio de azeitonas colhidas manualmente durante o mesmo dia. Assim, a acidez do produto é extremamente reduzida. Com isso, também, aroma, sabor, vitaminas e nutrientes são preservados. 

Plantio, manejo do olival, colheita, extração, armazenamento e envase obedecem a rigorosos métodos e resultam num produto isento de interferências químicas e de oxidação. 

Também a embalagem é fruto de cuidadoso estudo. As garrafas negras protegem o azeite contra a ação da luz e garantem a durabilidade das características de um azeite novo. 

Trata-se de um azeite frutado, cujo frescor em contato com as papilas gustativas revela sua proximidade com área de Mata Atlântica e sua diversidade de flora e fauna. A polinização é facilitada pela presença de enxames de abelhas nativas do Brasil, das espécies: Jataí e Mirim estabelecidas às margens das matas. 

Isento de amargor ao ser provado, revela a picância característica do azeite extra virgem.

Mais do que um mero deleite aos sentidos: o louro dourado da cor; o perfume de ervas frescas que dele se desprende; e o contraste entre suavidade de picância; o azeite de oliva é reconhecido como alimento funcional.

Sua preponderância na região Mediterrânea é responsável pelos baixos índices de diabetes, doenças cardíacas, osteoporose e Alzheimer além de garantir maior longevidade àquelas populações. 

O La Favola blend Fioravante é apresentado em garrafas de 500ml. Envelopadas em negro e apresenta o logotipo da marca La Favola: uma raposa que tenta alcançar o alimento contido num vaso de gargalo alto. Seu “berço” em caixa de cuidadosa produção gráfica, faz por torná-lo um presente ideal entre amigos. 

O nome Fioravante remete ao avô e bisavô dos produtores. Brasileiro de primeira geração, filho de imigrantes italianos originários do Veneto; Fioravante Martini sempre teve marcada predileção pelo azeite de oliva extra virgem.

Seus descendentes o homenageiam com este lançamento, a ser seguido por duas monovarietais. 

Embora grande consumidor de azeite de oliva, o Brasil produz uma pequena parcela em atendimento a essa demanda. Na verdade, a maior parte do azeite importado não corresponde em qualidade ao seu custo. Os grandes países produtores, comumente, além de utilizarem óleos mais baratos, como o de colza, e o “batizarem” com um mínimo de oliva, fazem isso para produção dos azeites que rotulam como Azeite Virgem ou Extra Virgem, de processos que fazem o produto original perder sua riqueza em vitaminas e polifenóis. Além disso, a extração a altas temperaturas ou mediante a utilização de solventes químicos descaracteriza o óleo extraído das azeitonas. 

A produção brasileira, fruto de um esforço recente de produtores bem informados e dedicados a produção de qualidade vem suprir essa lacuna. Os azeites do paralelo 30, em especial, tem sido agraciados com prêmios internacionais que atestam sua qualidade e o esmero empregado em sua produção desde o manejo de solos, à localização do terroir mais adequado, o exato grau de declividade e drenagem compatíveis com a cultura, seu manejo adequado com a utilização de produtos orgânicos e podas de formação, a colheita cuidadosa que inclui proteção contra altas temperaturas, a profissionalização do trabalho nos lagares para resultar no envase de um produto de qualidade superior.